O Trajeto : O início da missão sem fim

    Enquanto aguardávamos as ordens de Ártemis sobre a próxima missão, algumas coisas importantes aconteceram.

    Primeiro, eu fiz o teste para me tornar caçadora. Fui muito bem na parte do arco, Físico ( Quase bati o recorde da primeira tenente) e fiquei meio decepcionada com o desafio especial pois a vitória foi muito fácil, mas na parte de mitologia…

    Eu só precisava acertar 3 perguntas de 5 e infelizmente acertei apenas 2. Foi meio triste, mas eu consegui passar em 3 provas de 4 então eu estava dentro. Depois do resultado desse teste eu me juntei à oficina de Mitologia porque queria tornar o meu ponto mais fraco o mais forte. Bom, deu certo porque um tempo depois (um bom tempo depois) eu assumi a oficina me tornando a ” Coordenadora de Conhecimento”, a responsável pela oficina, mas assim que subi eu fiquei encarregada pela oficina de corte e costura me tornando a “Estilista” da caçada e também entrei para a equipe de Fotografia e Divulgação. (Vocês acharam mesmo que eu ia ficar de fora da oficina mais legal da caçada? Claro que não! Eu amo todas elas, mas essa aqui tem um lugar especial no meu coração 💛#Blogévida)

    Sobre a oficina de Mitologia. Lá coordenamos o conhecimento da caçada. Temos uma biblioteca enorme com uma grande variedade de livros que muito atraem as filhas de Atena, principalmente uma, a dona Arktoi 19 que vocês devem conhecer como Kennis.

    Assim que entrei na sala percebi que entre todas as meninas da oficina a Arktoi 19 se destacava. Ela mandava sempre novas ideias, teorias e praticamente estava na frente da oficina, mas a caçadora Bárbara também não estava muito atrás.

    Fiquei enormemente surpresa por ver que uma filha de Ares era a responsável pela oficina de conhecimento, mas logo ela conquistou o meu respeito com suas aulas e estratégias sobre monstros e deuses. Eu me esforcei muito e estudei horrores para me destacar naquela oficina e alcançar aquelas duas. Consegui chegar lá enchendo o saco delas, pedindo sugestões de livros, atividades e assim éramos o melhor trio daquela oficina.
    (Paralelamente eu estava também coordenando a oficina de corte e costura, cuidando dos uniformes e projetos da forja e já cuidando se algumas coisinhas da publicidade tipo contando a minha história – História da Aurora – , mas o foco da história de hoje é a mitologia)

    Sabendo que nós três éramos o centro de conhecimento da Mitologia, Ártemis foi nos procurar em particular. Nos encontramos na biblioteca e sentamos em uma das áreas de leitura enquanto a deusa não chegava.
 
    Foi um silêncio angustiante. Ninguém sabia o motivo da reunião, mas sabíamos que a deusa não era de fazer isso já que geralmente os anúncios e avisos eram feitos para todas e ela geralmente não escondia muita coisa de nós.

    A porta se abriu e vimos a deusa entrar com a Tenente a sua direita e a Sub a sua esquerda, na época eram a Cami e a Obiwana (respectivamente). Todas elas pareciam preocupadas, mas o olhar da deusa era o pior. Ela estava muito brava.

    Cami saiu da formação e pegou um livro muito antigo junto com outro preto e brilhante como o céu estrelado que nem eu, nem as meninas reconhecemos e os colocou na mesa de centro da ala de leitura enquanto Ártemis se sentava no sofá a nossa frente e a Sub a acompanhava em pé  segurando uma pasta amarela escrito “Confidencial” .

    Trocamos olhares e acredito que nessa época eu já tinha a “Telepatia com a Kennis”. Não bastou palavras para entendemos que provavelmente iríamos começar uma jornada perigosa.

   – Então- Começou Ártemis enquanto abria o livro antigo. – Conhecem essa história?

    Ela abriu em uma página bem no meio do livro. Lá havia um desenho de um colar muito bonito em forma de lua crescente preenchendo toda a primeira página e na segunda uma pequena história chamada ” O colar das Luas”.

    – Sim senhora- respondeu Bárbara. – É a história de um colar feito há muitas luas pela senhora.

    – Você o fez para que enquanto estivesse em perigo ou ausente as tenentes cuidassem de parte do ciclo lunar, especificamente em sua fase regente, a crescente. – Completou Kennis.

    – Nele contém parte do seu poder sobre a lua. – disse também querendo participar.

    – Ele foi roubado. – Disse Ártemis enquanto virava o livro para nós nos revelando uma imagem mais detalhada do colar. Agora não era apenas um desenho, parecia que poderíamos até toca-lo de tão real.

    – Roubado?! Como?! – Bárbara parecia extremamente surpresa. Eu não a culpo, também não achava que alguém seria burro o suficiente para roubar algo de uma deusa, principalmente sendo Ártemis, A deusa Ártemis que tem 80 meninas em seu batalhão, uma matilha preparada para atacar em qualquer segundo, aves de guerra, o poder da lua, da floresta, dos animais e ainda por cima é a maior arqueira que existe. Acredito que ela conseguiria acertar até a lua se quisesse, mas alguém foi idiota o suficiente para pegar algo dela e pelo seu olhar, ela não ia deixar barato ( Eu  até fiquei com dó de quem roubou).

    Cami disse que havia sido roubado durante o rapto da deusa. Ela estava em um momento de fraqueza e o ladino se aproveitou disso. A Tenente ainda estava com o livro negro misterioso em suas mãos, mas o segurava firme como se fosse algo extremamente importante (mas que eu só descubro o que é quando eu me torno tenente, então vocês também vão descobrir quando eu chegar lá).

    Ártemis fechou o livro e olhou para cada uma de nós.
    – Preciso que preparem as meninas para sairmos em uma missão. As informações estão nesse envelope que Obiwana trouxe e eu preciso dele o mais rápido possível. Antes que descubram como usar…

    – Sim senhora! – Falamos em uníssono e a Sub nos entregou a pasta amarela.

    Assim que a deusa saiu com as tenentes olhamos o conteúdo do envelope. As coisas estavam para ficar bem feias….

___________________-______________-__________-

As informações da missão estão nessas publicações :
– Como a busca do colar começou
– No manto de Nyx
Na próxima história contarei como ela terminou, mas até lá…

~Beijos de Luz da Aurora 😗💖

Comentários
Compartilhe:

Deixe uma resposta

%d bloggers like this: